Impressões: BMW X5 M, o desafiador de instintos

GUSTAVO DE SÁ
de São Paulo (SP)
20/12/2017 15:21

Instinto é um estímulo que gera uma reação espontânea no corpo humano. Ao volante de um SUV de 2,4 toneladas e com centro de gravidade naturalmente elevado, o alerta acionado automaticamente pelo cérebro do motorista é de que é preciso reduzir a velocidade de forma enérgica antes de entrar em uma curva. E isso é verdade. Mas, como toda regra, ela tem uma exceção. E isso acontece quando se está ao volante do BMW X5 M, que chega ao Brasil em por R$ 648.950.

Tive a oportunidade de guiar o grandalhão na pista do Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. A fina chuva que caía sobre a pista no dia do evento contribuiu para deixar a experiência ainda mais saborosa – além de ser outro parâmetro desafiador para os sentidos.

A mecânica do utilitário esportivo traz números impressionantes. O motor V8 biturbo de 4,4 litros produz 575 cv de potência máxima entre 6.000 e 6.500 rpm e 76,5 kgfm de torque entre 2.200 e 5.000 rpm. Essa combinação de forças leva o X5 M de 0 a 100 km/h em apenas 4s2 e a uma velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h, de acordo com informações da BMW. Um pacote opcional permite aumentar o limite para fazer o ‘monstro’ atingir 280 km/h.

Após contornar a Junção para entrar na subida da Reta dos Boxes, cravo o pé no acelerador e meu corpo gruda nos bancos do tipo concha. A potência é despejada de forma abrupta e as passagens de marcha são feitas de forma extremamente rápida pelo câmbio automático de oito velocidades.

Além de proporcionar uma aceleração vigorosa, o X5 M mostra sua força bruta na hora de reduzir a velocidade ao final da reta principal. Os enormes discos de freio carbocerâmicos seguram o peso pesado como se fosse um competidor de uma categoria mais leve.

No asfalto molhado de Interlagos, a tração integral foi uma aliada na hora de contornar as curvas sem ultrapassar os limites da pista. O sistema pode enviar toda a força disponível para as rodas dianteiras ou traseiras, sempre de acordo com a aderência do terreno.

O motorista pode escolher entre os modos de condução Comfort, Sport e Sport+, que alteram a firmeza da suspensão, as respostas do acelerador e a permissividade dos controles de tração e estabilidade.

Entre os equipamentos, o SUV conta com aquecimento dos bancos, sistema de som da marca Bang & Olufsen, faróis full led adaptativos, head-up display (projeção de informações no para-brisa), aviso de mudança involuntária de faixa e câmera de visão noturna.