Ford deve abandonar Mustang V6 em 2018

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
22/11/2016 12:02

A Ford já está testando o Mustang reestilizado nas ruas e foi flagrada pelo site Carscoops. O site diz que para 2018, a linha do muscle car vai abandonar o motor 3.7 V6, reduzindo as opções do consumidor apenas à 2.3 EcoBoost e 5.0 V8. 

Mustang 2018 poderá ter atualização visual

De acordo com a fonte citada por Carscoops, os códigos internos do Mustang V6 nas concessionárias não estão mais validados, sugerindo que ele estaria em processo de aposentadoria das lojas. A decisão da Ford, se confirmada, faz sentido, uma vez que o motor V6 gera menos potência que o 2.3 turbo de quatro cilindros (304 cv contra 314 cv), além de possuir menos torque (38,7 kgfm ante a 44,2 kgfm). 

Além do exclusão do motor V6, o Mustang 2018 também deverá adotar a nova transmissão automática de 10 marchas, desenvolvida em conjunto com a General Motors (que já a utiliza no novo Chevrolet Camaro). O novo câmbio provavelmente será usado apenas na versões V8 de 441 cv ou 533 cv (shelby GT350). Ademais, a tecnologia de amortecedores magnéticos adaptativos (MagneRide) deverá ser incluída ao menos como opcional nas versões EcoBoost e GT do Mustang, tornado-as tão eficazes na pista quanto as Shelby GT350 e GT350R. 

A Ford não detalhou qual versão do Mustang virá ao Brasil

A Ford anunciou durante o Salão do Automóvel que o Mustang chegará ao Brasil em 2018, com pré-venda iniciada no final do ano que vem. Como o Mustang só é fabricado Flat Rock, em Michigan (nos EUA), dificilmente teremos um modelo desatualizado aqui, mas a Ford não detalhou qual Mustang virá.