Em Paris, Nissan March vira outro carro

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
29/09/2016 10:45
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)
NISSAN MARCH (MICRA)

A Nissan revelou ao mundo nesta quinta-feira (29) a nova geração do March no Salão de Paris, na França. Chamado de Micra no velho continente, a versão de produção do modelo abandonou totalmente o visual mais conservador do hatch em virtude das linhas futuristas do conceito Sway, apresentado em 2014. A novidade conta com dois novos motores (um 0.9 e outro 1.5 diesel) e tecnologias semiautônomas inéditas para o segmento dos compactos. 

LEIA TAMBÉM
Salão de Paris: veja a galeria com as atrações

A começar pelo visual, o novo March aposta no desenho com linhas bastante fluidas, semelhante ao que outras montadoras orientais já se aproveitaram, como a Hyundai (com HB20 e i30) há alguns anos. O aspecto anabolizado do carro fica por conta sobretudo dos vincos, especialmente o que se estente desde o final do capô até as lanternas, com um traçado curvilíneo ousado para a categoria.

Nissan apostou num visual bem arrojado à nova geração do March

A Nissan manteve o logotipo da marca envolto por uma moldura em V cromada, que se conecta com os vincos citados acima e afilou os faróis do hatch, que agora estão mais horizontalizados (em vez de redondos, como antes, e ainda contam com assinatura de LED para uso diurno). O design de "ponta de flecha" é reforçado pela traseira com desenho elevado em relação aos faróis e capô, que não poupa os ângulos agudos com lanternas ao estilo "bumerangue" e tampa do porta-malas estilizada (além do detalhe da coluna C escurecida). 

O interior do March também passou por uma reformulação total. A barra horizontal que cobre o painel inteiro lembra o design do SUV Kicks, bem como a disposição da tela multimídia. O volante é inspirado no superesportivo GT-R, enquanto o quadro de instrumentos é mais convencional, com dois mostradores analógicos e uma tela TFT colorida ao centro. 

Traseira conta com faróis ao estilo bumerangue

A quinta geração do Micra virá equipada com uma série de tecnologias inéditas tanto ao modelo quanto à categoria a qual pertence. Entre os recursos que merecem destaque, estão: assistente de manutenção à faixa, frenagem autônoma de emergência com reconhecimento de pedestres, câmeras 360º, leitor de sinalização de trânsito, faról alto automático e alerta de pontos cegos. Quanto à conectividade, o carro traz uma central multimídia toucscreen de 7'' com capacidade de espelhamento de smartphones.

Quanto ao trem-de-força e sua dirigibilidade, o March europeu será impulsionado por três opções de motores: um 0.9 tricilíndrico turbo de 91 cv de potência, um 1.5 diesel também de 91 cv e um 1.0 aspirado de 74 cv. O compacto se beneficiará de controles de tração e de establidade e de direção elétrica. 

Interior tem toques de Kicks e GT-R

O novo Micra será fabricado na França, em Flins, e as vendas por lá começam no ano que vem. Aqui, François Dossa, presidente da Nissan no Brasil, adiantou no lançamento do GT-R nesta terça-feira (27) que o foco da companhia será aumentar as vendas dos produtos nacionais em 2017 (March, Versa e Kicks). Portanto, embora não tenha confirmado, Dossa deixou a entender que a nova geração do March só deverá desembarcar no Brasil a partir de 2018. 

CARRO ONLINE está cobrindo o Salão de Paris e em breve teremos mais informações a respeito do novo March e todas as principais novidades do evento.