Confirmado: Mustang não terá mais motor V6

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
18/01/2017 10:00

Depois de um vídeo do novo Mustang vazar no Youtube, a Ford decidiu revelar as imagens oficiais do carro e todas as suas mudanças. A linha 2018 do esportivo icônico chega com leves mudanças visuais, tecnologias inéditas e até aposentou um dos motores que era usado no ano-modelo 2017.

As mudanças na dianteira são bem discretas

O motor 3.7 V6 de 304 cv não faz parte mais do portfólio do Mustang. Somente as opções 2.3 Ecoboost (de 314 cv) e as 5.0 V8 comporão a gama do muscle car. Para a linha 2018, o motor V8 passou por algumas melhorias, que incluem nova injeção direta de alta pressão e baixa pressão.

Outro item deixado de lado pela Ford no Mustang foi o câmbio automático de seis marchas. Agora, além do câmbio manual, o esportivo usará apenas o novo automático de dez marchas, desenvolvido em conjunto com a General Motors. O Mustang 2018 ainda conta com novos amortecedores, nova junta transversal na suspensão traseira e novas barras estabilizadoras, para melhorar sua dinâmica. A suspensão traz, de maneira inédita, a tecnologia MagneRide, que permite ajustar sua rigidez para se adequar ao tipo de dirigibilidade buscada pelo motorista.

A linha 2018 conta com 12 rodas diferentes

Externamente, o Mustang mudou pouco: o parachoque foi renovado, contando com uma espécie de triângulo invertido abaixo das luzes de neblina; os faróis ganharam base irregular, com uma curvatura a mais; e o capô exibe novos vincos.

O barulho do escapamento é ajustável

Por dentro, o quadro de instrumentos é inédito, com tela de 12,3'' digital e personalizável, oferecendo três disposições diferentes, sendo possível controlar até o barulho do escapamento, que é variável. 

Internamente, destaque para o novo painel de instrumentos digital

Pela primeira vez na historia, o Mustang terá tecnologias que ajudam na condução, como o Pre-Collision Assist, que avisa em caso de um eminente acidente; alerta de aproximação muito rápida do carro da frente; e alerta de mudança involuntária de faixa. Outra novidade interessate é o FordPass, permitindo o motorista ligar, desligar, travar, destravar é até ver onde o carro está pelo smartphone.

O esportivo começará a ser vendido no segundo semestre deste ano nos Estados Unidos.