Chevrolet mostra Tracker 1.4 turbo no Salão de SP

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
18/10/2016 14:56

A General Motors do Brasil confirmou nesta terça-feira (18) o lançamento oficial do novo Chevrolet Tracker, ano-modelo 2017, com facelift, no Salão do Automóvel de São Paulo, que abre ao público em 10 de novembro, no São Paulo Expo. Unidades do modelo já vinham sendo flagradas circulando por São Paulo sob forte camuflagem.

Dianteira do Tracker foi alinhada à gama global
Segundo o comunicado da GM, as vendas do novo Tracker no Brasil começam ainda este ano, de forma simultânea a outros mercados -- como o dos Estados Unidos, onde o SUV compacto é um dos campeões de seu segmento.

O modelo chega com mudanças mecânicas (algo que ainda estava por se confirmar), visuais, de conteúdo e de acabamento. Segundo a GM, foi criada uma configuração específica para o mercado do Brasil. Nos EUA, onde se chama Trax, o ano-modelo 2016 parte de US$ 20.300. No Brasil, de R$ 77.790 (versão LT).

O grande destaque da nova linha é a adoção do motor flex 1.4 turbo acoplado a uma transmissão automática sequencial de seis velocidades com stop/start. É o mesmo trem-de-força do Cruze de nova geração. O Tracker 2016 oferece apenas o motor 1.8 Ecotec, o mesmo do Cruze antigo. 

POR DENTRO
No conteúdo antes inédito no Tracker, destacam-se o multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de concierge OnStar, teto solar elétrico e faróis e lanternas com LEDs, entre outros. No visual, o modelo teve a dianteira redesenhada para seguir o novo padrão global da Chevrolet -- ficou menos robusto, diga-se.

Outras novidades já confimadas da GM no Salão de São Paulo são o novo Camaro e o Cruze Sport6 (hatch).