Chevrolet Equinox virá com motor de 262 cv

FERNANDO LALLI
de Buenos Aires (ARG)
09/06/2017 10:27

A General Motors confirmou que o Chevrolet Equinox será lançado no Brasil no último trimestre de 2017. Inicialmente, virá importado do México com motor 2.0 de quatro cilindros a gasolina, turbinado, capaz de gerar 262 cv de potência. Na transmissão, terá a caixa automática de 9 marchas e tração nas quatro rodas.

O SUV será vendido no mercado brasileiro em sua versão topo de linha, Premier - um grau acima da LTZ na escala de níveis de luxo usada pela GM. Isso significa que ok modelo terá uma ampla gama de equipamentos, como todos os faróis em LED, sistema keyless para partida do motor, abertura da tampa do porta-malas por sensor de movimento (basta "passar o pé" abaixo do para-choque para que abra), assistente de permanência na faixa, sistema de frenagem de emergência, teto solar elétrico panorâmico, assistente de estacionamento semiautônomo... Enfim, uma ampla gama de recursos. Entretanto, a fabricante ainda não confirmou se tudo isso virá de série.

SUV com "Sport maiúsculo"

Produzido na mesma plataforma que a linha Cruze, o Equinox é o SUV mais vendido da Chevrolet em todo o mundo. O modelo vai substituir a Captiva, esta que é responsável por abrir o nicho de mercado dos SUVs médios para a General Motors.

A fabricante direciona o Equinox para consumidores que atendam o perfil de "jovens pais de família bem-sucedido que precisam de espaço interno, mas não abrem mão de desempenho esportivo". No espaço interno, além da aparentemente boa medida entre-eixos (que a GM garante ser a maior da categoria), o assoalho plano frente aos bancos traseiros ajuda na sensação de amplitude.

E, pelo jeito, os 262 cv do motor também não decepcionarão em esportividade. Segundo dados revelados pela GM na apresentação, o Equinox Premier acelera de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos. A versão brasileira, inclusive, será a única a trazer a insígnia "turbo" acompanhando o nome do modelo no porta-malas, como acontece com o novo Cruze.

Não por coincidência, tanto o motor quanto o câmbio são os mesmos que equipam o Camaro 2.0 americano, mas recalibrados para o uso no SUV. Lá nos EUA, a gama do esportivo começa com o mesmo motor 2.0 turbo de quatro cilindros, mas ligeiramente mais potente (275 cv) e com torque máximo de 40,79 kgfm. Até mesmo o sistema de som Bose do Equinox Premier é o mesmo que equipa o Camaro.

Essa será a única versão disponível num primeiro momento. Para outros países da América do Sul, o SUV também terá opções com motor 1.5 turbo de 172 cv (com câmbio automático de 6 marchas) e 1.8 turbodiesel de 136 cv.

A General Motors revela mais detalhes do Equinox durante o Salão do Automóvel de Buenos Aires, que vai de 10 a 20 de junho na capital argentina.