Alfa Romeo mostra o Stelvio, seu primeiro SUV

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
16/11/2016 17:37
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO
ALFA ROMEO STELVIO QUADRIFOGLIO

A Alfa Romeo revelou para o mundo nesta quarta-feira (16), durante prévia do Salão de Los Angeles (EUA), o primeiro SUV de sua história. O Stelvio Quadrifoglio será feito na fábrica do grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) em Cassino, na Itália, com opções de motores V6 de 510 cv e 2.0 turbo de 280 cv.

Conforme CARRO adiantou há alguns meses, o design do Stelvio bebe da mesma fonte do sedã Giulia, com o qual divide a plataforma. A fabricante evidencia as linhas charmosas e musculosas do design italiano, que resultam num SUV bastante distinto da concorrência, ao menos em termos estéticos. Entre as principais características neste quesito estão a frente com a grade em triângulo invertido (característica da Alfa Romeo) e os faróis bem afilados e estilizados ao lado.

Eis o primeiro SUV da história da Alfa Romeo

A silhueta segue uma abordagem moderna dos utilitários, com um caimento à traseira se assemelhando ao dos hatches, a fim de transmistir mais esportividade. A traseira se destaca pelas duas duplas saídas de escapamento nas extremidades do parachoque e lanternas seguindo desenho similar ao dos faróis. Suas dimensões são 4,68 m de comprimento, 1,65 m de altura e 2,16 m de largura.

Qualquer olhar mais apurado já percebe que a alma do utilitário é voltada à vida urbana. Não só isso, a uma vida urbana e esportiva, pensando em pistas, track days e afins. A própria marca faz questão de enfatizar este espírito ao destacar o detalhe em fibra de carbono na soleira das portas do Stelvio e os paralamas na cor da carroceria do carro (em vez de protegidos com plástico cinza, comum em veículos aventureiros).

Carroceria alongada assemelha-se a um hatch
Sob o capô, o motor que atrairá todos os holofotes ao Stelvio é o 2.9 V6 biturbo de 510 cv de potência. Feito inteiramente de alumínio para reduzir peso, o bloco trabalha com uma transmissão automática de oito marchas. Entre as principais tecnologias do motor, está a desativação de cilindros conforme demanda, para melhorar a eficiência energética do utilitário.

A outra opção de motor que equipa o Stelvio é a 2.0 turbo de quatro cilindros, também acoplado à transmissão automática de oito marchas. De alumínio, o propulsor gera 280 cv e 40,8 kgfm de torque, disponíveis já às 2.250 rpm.
Os números de desempenho do Stelvio não foram divulgados pela fabricante.



MODOS DE CONDUÇÃO
A expectativa é alta e a vocação para acelerar é corroborada pelo DNA Pro da marca, um recurso eletrônico que permite usufruir de quatro modos diferentes de condução (Normal, Eficiente, Dinâmico e Race). Para os modos mais extremos, o SUV é preparado com tecnologia de vetorização de torque, que contribui para um melhor contorno em curvas.

O Alfa Romeo Stelvio também é beneficiado pela tração integral, que calcula eletronicamente a necessidade de envio de tração para cada roda, de maneira independente. Em condições normais de tráfego, a tração é 100% enviada ao eixo traseiro. As vendas do Stelvio começam no ano que vem no exterior.