Teste: Audi A5 Sportback

GUSTAVO DE SÁ
de São Paulo (SP)
30/10/2017 16:15

Haverá um dia em que poderemos tomar café, ler ou até dormir enquanto estivermos sentados no banco do motorista. Isso será realidade quando os carros autônomos atingirem nível de desenvolvimento suficientemente avançado para produção em larga escala. Assim, deixaremos de comandar os veículos para nos tornarmos apenas passageiros. Parece entediante para quem gosta de dirigir, mas é para onde caminha a indústria automobilística em um futuro próximo.

Tradicional grade hexagonal da Audi ficou maior na nova geração do A5

O novo Audi A5 Sportback antecipa esse gostinho hi-tech previsto décadas atrás pelos criadores do desenho animado ‘Os Jetsons’. Em sua segunda geração, o modelo traz sistemas de condução semiautônomos, que podem assumir o controle do veículo em velocidades de até 65 km/h. No trânsito urbano, por exemplo, ele acelera e freia de acordo com o tráfego à frente com a ajuda de sensores, câmeras e radares nos para-choques e para-brisa. Os controles também mantêm o carro na faixa de rolamento, sem a necessidade de uso das mãos no volante (ainda que isso seja proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro).

Novo A5 manteve silhueta que lembra cupês, apesar das portas traseiras

Embora os sistemas de auxílio ao motorista impressionem, o melhor de estar a bordo do novo A5 é assumir a direção. A versão topo de linha Ambition Plus testada traz motor 2.0 turbo de 252 cv de potência e 37,7 kgfm de torque entre 1.600 e 4.500 rpm. O câmbio é automatizado S tronic de sete marchas. Com dupla embreagem, as trocas são rápidas e quase imperceptíveis.

Interior traz ar-condicionado digital com até três zonas de temperatura

Em nossa pista de testes, o A5 surpreendeu ao ser mais rápido em relação aos dados divulgados pela fabricante. Na prova de 0 a 100 km/h, o modelo cravou 5s6 (a Audi divulga a mesma prova em 6s0). Além do casamento acertado entre motor e câmbio, contribui para a agilidade nas arrancadas o sistema de tração integral quattro.

Tela digital de 12,3 polegadas substitui quadro de instrumentos convencional

O A5 é equipado com o virtual cockpit, uma tela digital configurável de 12,3 polegadas que substitui o painel de instrumentos tradicional. A versão testada traz de série faróis full LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, ar-condicionado digital com três zonas de temperatura, teto solar elétrico panorâmico, tampa traseira com abertura sem o uso das mãos (basta passar o pé por baixo do para-choque) e pacote esportivo S Line.

Motor 2.0 turbo da versão de topo entrega 252 cv

O Sportback chega este mês às concessionárias brasileiras, em quatro diferentes versões. As configurações Attraction (R$ 189.990) e Ambiente (R$ 213.990) trazem motor 2.0 turbo de 190 cv de potência e tração dianteira, enquanto a Ambition (R$ 239.990) e Ambition Plus (R$ 268.990) são equipadas com o motor de 252 cv e tração permanente.

Câmbio é automatizado de dupla embreagem S tronic, com sete marchas

Já que os veículos autônomos serão realidade em breve, nos resta aproveitar todo o prazer ao dirigir que carros como o Audi A5 Sportback nos oferecem hoje.

Porta-malas tem 480 litros de capacidade

> Confira nossos números de teste do Audi A5 Sportback: