Audi Q3 2.0 TFSI: ainda mais rápido

FERNANDO NACCARI
De São Paulo (SP)
26/02/2018 10:34

Rápido, econômico e tem conforto muito acima da média

Quem fabrica modelos que brigam pelo mercado de SUVs precisa ousar em algumas situações para crescer em vendas, mas em outras é bom não mexer em time que está ganhando. A Audi foi no meio do caminho com o Q3, que passou por sua primeira grande mudança visual em 2017, seis anos após a sua estreia mundial.

Boa autonomia

Para destacá-lo frente aos rivais, a Audi apostou na utilização do motor 2.0 TFSI para o seu SUV de entrada na versão Ambition. Com imponentes 220 cv, é bastante econômico. Em nossos testes, registrou média de 7,5 km/l (G) no ciclo urbano e 12,5 km/l (G) em trajeto rodoviário. Não parece nada demais, mas isso lhe proporciona autonomiza superior aos 600 km.

Anda muito

O Q3 Ambition nos surpreendeu com o 0 a 100 km/h alcançado em apenas 6s25, praticamente 3s mais rápido que o Q3 quando equipado com o motor 1.4 TFSI, que marcou 8s93. O câmbio S tronic de sete marchas também é um capítulo à parte, pois cumpre muito bem a sua função, onde passa despercebido no dia a dia e oferece trocas rápidas quando exigido. A tração quattro é de série nos modelos 2.0.

Aconchegante

Como todo Audi, o Q3 mescla bem o luxo e o conforto. Não é exagerado quanto às texturas e materiais internos utilizados e também oferece equipamentos que atendem bem aos ocupantes. A lista de itens de série é extensa, e traz itens como bancos do motorista com ajustes elétricos, revestimento em couro sintético, ar-condicionado digital, airbags frontais, laterais dianteiros e de cabeça, controle de estabilidade (ESP), faróis de xenon com ajuste automático de altura, teto solar panorâmico, freio de estacionamento elétrico, assistência para partida em rampas, sensores de luz e de chuva, porta-malas com acionamento elétrico e espelhos retrovisores com rebatimento elétrico através de botão. A unidade avaliada contava ainda com o seletor de modos de condução (Audi Drive Select).

Mas apesar dessa farta lista, falta um item praticamente obrigatório nos modelos comercializados atualmente: a entrada USB. Muito utilizada pelos usuários de smartphone, nem sempre é utilizada como interface de conexão a central multimídia, mas sim como fonte de carga de bateria dos celulares. É a primeira coisa que você notará ao entrar no carro, pois geralmente está entre as prioridades depois do cinto e do ajuste dos espelhos. Como opção, há uma tomada 12V no console central que requer a presença de um adaptador para a saída USB. Em contrapartida, há duas entradas para cartão SD.